Política Política

Bom Jardim: Justiça barra pesquisa eleitoral do mesmo instituto que, em março, indicou liderança de Willian Gregório nas intenções de voto

A decisão impõe multa de 10 mil em caso de descumprimento

Por Comando da Notícia

11/06/2024 às 21:32:28 - Atualizado h√°

A Justiça Eleitoral decidiu suspender a divulgação de uma pesquisa eleitoral que seria divulgada nesta quarta-feira (12). A pesquisa, conduzida pela empresa CAPP – Jornal O Mais Positivo – EIRELI (CAPP O Mais Positivo), foi impugnada em Bom Jardim de Goi√°s devido a diversas irregularidades. A impugnação foi realizada pelo partido PDT e subscrita pelo advogado do partido do munic√≠pio, Dr. Heberth Lisboa.

A decisão judicial foi proferida pelo juiz Leonardo Lopes dos Santos Bordini, da 35¬™ Zona Eleitoral – Aragarças/GO, atendendo ao pedido de tutela antecipada. A pesquisa, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o n√ļmero GO-03676/2024, apresentava inconsist√™ncias significativas que motivaram a suspensão.

Na decisão, se destacam as seguintes irregularidades:

1. Incongru√™ncia de datas: a pesquisa tinha data de término prevista para 13 de junho, mas a divulgação estava programada para o dia 12 de junho, um dia antes da conclusão oficial.

2. Conte√ļdo do question√°rio: apesar de registrada apenas para o cargo de prefeito, a pesquisa inclu√≠a perguntas sobre a intenção de voto para vereador, o que não estava previsto no registro original.

3. Origem dos recursos: o contratante da pesquisa não apresentou a comprovação da origem dos recursos próprios utilizados, nem o Demonstrativo do Resultado do Exerc√≠cio do ano anterior às eleições.

Foi destacado, ainda, na impugnação, que apenas uma pessoa, qual seja, o respons√°vel pela pesquisa faria a an√°lise de 250 question√°rios em apenas 24h (vinte e quatro horas), o que na percepção do partido, seria humanamente imposs√≠vel.

Histórico do Instituto de Pesquisa

Em março deste ano, o mesmo instituto divulgou uma pesquisa que indicava uma ligeira vantagem para o atual prefeito, Willian Gregório (União Brasil), na corrida eleitoral. Na ocasião, a pesquisa revelou que Gregório liderava as intenções de voto com 37,7% na questão espontânea e 41,2% na questão estimulada, contra 35,8% e 40,4%, respectivamente, de Édio Navarini (Podemos), seu principal oponente.

A decisão da justiça de barrar a nova pesquisa do instituto gerou desconfiança em parte da população e levantou d√ļvidas sobre a imparcialidade e a credibilidade do instituto, tendo em vista a divulgação, pelo mesmo instituto, de dados favor√°veis ao atual prefeito em um passado recente.

A suspensão da nova pesquisa ocorre em um momento cr√≠tico da pré-campanha eleitoral, que enfrenta instabilidade pol√≠tica h√° algum tempo.

Na decisão judicial, o juiz Bordini destacou a necessidade de cumprir os requisitos m√≠nimos para a realização de pesquisas eleitorais, sob pena de proibição de sua divulgação. A tutela de urg√™ncia foi concedida com a imposição de uma multa de R$ 10.000,00 em caso de descumprimento e a notificação imediata do instituto e demais envolvidos para apresentação de defesa no prazo de dois dias.

Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

Comando Geral BG

© 2024 Comando Geral BG - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Comando Geral BG
Acompanhantes de Goi?nia